Como desenvolver e utilizar melhor a sua intuição?

29/08/2018

Recentemente lendo a Revista “Mente e Cérebro”, me deparei com um interessante artigo sobre nosso processo intuitivo. A seguir apresento minhas principais percepções sobre o texto.

Para começar gostaria de fazer algumas perguntas: Quantas vezes aconteceu de você estar tomando banho, caminhando ou cozinhando e uma ótima ideia surgir? Ou você resolver voltar para casa achando que esqueceu algo e descobriu que deixou a tostadeira ligada?

Essa habilidade de acessar e utilizar informações que não estão acessíveis no nosso consciente é o que chamamos de intuição. A intuição não é um “dom” especial que só pessoas paranormais possuem, essa capacidade está presente em todos os seres humanos.

Intuitionem origina-se do latim, de “in” (dentro) e “tuere” (olhar para). Neste sentido, a palavra intuição está diretamente relacionada a capacidade de olhar para dentro de si e perceber-se em todas as dimensões. Mas não se engane, sua intuição será mais poderosa para aqueles assuntos que você conhece mais a fundo, aquelas experiências que você acumulou ao longo de uma vida. Dificilmente você irá intuir uma resposta para uma pergunta de um assunto que você nunca teve contato.

Esta capacidade faz toda a diferença em diversas situações de sua vida, é ela que pode salvar você em um momento de pressão onde não há tempo para análises detalhadas. Usar e acreditar na sua intuição pode literalmente salvar sua vida em algumas situações.

Mas como melhorar essa capacidade? Como usar essa nossa inteligência que tem como característica o “saber sem saber”?

Seguem algumas dicas que poderão ajudá-lo a desenvolver e utilizar melhor sua intuição:

1) Pensar e olhar o mundo de forma positiva lhe auxilia a ter acesso ao conteúdo do inconsciente da nossa mente. Uma mente tensa e negativa tem mais dificuldades para chegar a esse espaço mental.

2) Para ampliar sua capacidade intuitiva faça atividades artísticas: cante, dance, desenhe, pinte, o contato com nosso lado lúdico nos próxima da nossa área intuitiva.

3) Práticas meditativas são comprovadamente importantes para melhorar a intuição, a aquietação da mente também nos aproxima de nosso espaço intuitivo.

4) Ouvir o próprio corpo, prestar atenção às sensações de frio na barriga, coração disparado, podem estar sinalizando algo diretamente da nossa área intuitiva.

Façam bom proveito das dicas e vamos intuir tanto quanto raciocinar e analisar, afinal não podemos desperdiçar essa maravilhosa capacidade de nossa mente.

Um abraço nos corações de vocês.

Adriana Cabral

Translate »